Google lança serviço para facilitar busca por vagas de emprego

A partir de agora quando você pesquisar vagas de emprego no Google, o buscador, em uma fração de segundo, vai garimpar sites e mostrar diretamente uma lista de oportunidades profissionais.


O que mudou? Antes, o Google indicava sites com as vagas, mas não entregava a lista pronta de oportunidades e o usuário tinha que entrar em site por site. Quem já procura emprego pela internet sabe que essa pesquisa pode ser exaustiva e pouco eficiente. A novidade está sendo liberada aos poucos para os usuários hoje.

“Nós achamos que a parte difícil da busca de emprego não deveria ser encontrar o anúncio sim a fase da seleção e de tomar a decisão sobre trabalhar para a empresa ou não”, disse Nick Zakrasek, gerente de produto do Google. Em post no blog do Google, é ele que assina o anúncio da novidade hoje.

Funcionando só nos Estados Unidos desde o ano passado, a nova ferramenta não tem bem um nome, por ser tratada como uma nova “experiência”. Nos EUA, a funcionalidade foi chamada de Google For Jobs (Google Para Empregos).

Por aqui, é indicada como empregos na Busca e começa hoje facilitar a procura de brasileiros e usuários da América Latina por trabalho. “A melhor notícia é que as pessoas não precisam fazer nada de especial. É só pesquisar e os anúncios aparecem na página de resultados”, diz.

Como fazer a pesquisa
A pesquisa é feita na caixa de busca e, além do cargo ou nome da profissão, os usuários podem filtrar a busca por localização e receber uma lista de empregos perto dele, já que a ferramenta é integrada ao Google Maps. Basta pesquisar usando o termo “trabalhos próximos a mim”.

Para encontrar oportunidades profissionais em São Paulo, o usuário só terá que escrever Empregos em São Paulo na caixa de busca. “Se o anúncio da vaga traz o endereço, automaticamente, você tem a estimativa de tempo do trajeto”, diz Zakrasek.
Outra possibilidade de filtro é por tipo de jornada (integral ou meio período) por setor ou categoria ou por requisitos da vaga, como experiência prévia. Quem procura o primeiro emprego, por exemplo, pode pesquisar usando o termo: empregos sem experiência prévia.

Veja como vai ser se o usuário pesquisar, por exemplo, empregos em engenharia na caixa de busca:


Outra facilidade da ferramenta é a possibilidade que ela dá ao usuário de receber notificações quando surgir uma vaga de emprego com as características desejadas por ele. “O usuário pode salvar a vagas do seu interesse no telefone dele”, diz o gerente de produto do Google.

No Brasil, a iniciativa já tem como parceiros como LinkedIn, Vagas, Trampos.com, Love Mondays, OLX e Empregos.com.br. Mas qualquer empresa pode participar já que a ferramenta é totalmente aberta. A equipe do Google ensina empresas a participarem na página de desenvolvedores da empresa.

“É fácil, basta adicionar algumas palavras-chave que o Google acha a vaga. A integração é fácil e milhares de empregadores já fizeram isso”, diz com base na experiência da ferramenta nos Estados Unidos. De acordo com ele, em três meses de lançamento por lá, o número de empregadores participantes aumentou 60%.

Nesse primeiro momento, os usuários brasileiros não terão acesso a vagas em outros países. Segundo a empresa, a maioria das pessoas usam o Google para encontrar oportunidades em seus países e, por isso, esse foi o primeiro propósito.

Mas é possível que essa possibilidade seja desenvolvida em breve. “Como sabemos que, ainda assim, há pessoas interessadas em vagas fora do país, estamos trabalhando para melhorar a experiência”, informou em nota a empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário